sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Retrospectiva 2017

Fatos que foram notícias , fotos que marcaram 2017, começa agora a Retrospectiva de um ano que ainda não terminou. 



RETROSPECTIVA 2017 






JANEIRO DE 2017

Não é novidade o descaso com a segurança pública no Brasil , mas em 2017 o cidadão sentiu na pele a face do terror, foram rebeliões , assassinatos , balas perdidas , até mesmo dentro dos nossos próprios lares não havia tranquilidade, e a impunidade falou mais alto.


FEVEREIRO DE 2017 






2017 foi o ano de protestos violentos, agressões verbais até mesmo por futuros candidatos à presidência 2018 , ás redes sociais mais uma vez foi palco da intolerância política brasileira .




MARÇO DE 2017





O fora Temer foi em 2017 um dos bordões mais conhecidos dessa geração, e para um presidente com pouca popularidade Michel temer até que não ficou tão ruim assim na boca do povo.






ABRIL DE 2017




Infelizmente 2017 deu lugar a cenas tristes, crianças mortas e feridas e inocentes em meio a conflitos , no Brasil crianças morreram vítimas de bala perdida devido a violência absurda e na fila de hospitais vitimas de políticos corruptos que desviam o dinheiro destinado à saúde pública, são crianças e mais que isso são inocentes nas mãos de inconsequentes.  

MAIO DE 2017




Em 2017 o brasileiro teve que dar seu jeitinho, em meio a crise e em meio a insegurança o jeito era sacudir a poeira e dar a volta por cima no eterno jeitinho brasileiro de ser. 
Infelizmente 2018 é ano de eleição e até que nós gostaríamos de ver ás coisas mudarem , mas sabemos que isso não irá acontecer  , 2018 será mais do mesmo , alguns partidos com nome novo e os mesmos políticos corruptos de sempre. 


JUNHO DE 2017




Ver uma cena dessas e não refletir é praticamente impossível , em um mundo onde 870 milhões de pessoas sofrem com subnutrição e onde 12,5% da população mundial passam fome , é lamentável ver tanta gente jogando comida no lixo, tanta gente ainda sendo fiel ao desperdício, que em 2018 seja repletos de pessoas mais conscientes é o que esperamos para o ano novo e os próximos anos.  


JULHO DE 2017


2017 foi o ano da nudez, a nudez foi vista no museu e chocou o Brasil , foi vista em protestos e foi notícia no mundo e foi vivida de forma intensa porém mesmo com pouca roupa e muitas das vezes sem nada , percebemos que mesmo que a  nudez não foi capaz de esconder o vazio de si que muitas pessoas sentem... 
2018 é ano de eleições porém a campanha eleitoral começou cedo, 2017 foi simplesmente o ano que o brasileiro sentiu mais vergonha dos seus representantes , porém os políticos são assim mesmo , não pode ver uma vergonha que já quer passar.. 


ver crianças assim e não ter o mínimo de compaixão é surreal é desumano, até onde vamos com tanto ódio guardado?  

AGOSTO DE 2017




A violência do mundo se retrata no cotidiano do nosso Brasil , qualquer cena degradante lá fora ou por aqui não é mera coincidência. 


SETEMBRO DE 2017






Tudo começa na educação e enquanto não houver o devido respeito e tratamento com a profissão que ensina todas ás outras profissões , o mundo vai ser esse caos de insanidade e violência atual sem fim.


OUTUBRO DE 2017











Triste, porém real , crianças em meio a insegurança e marginalidade, eternamente dependentes de um sistema corrupto onde o pai político e já idoso colocar seu filho para continuar a roubalheira de sempre.  


NOVEMBRO DE 2017







2017 foi um ano de surpresas até mesmo para assuntos irrelevantes como o futebol , não que futebol não seja importante , mas diante dos problemas do mundo a Itália fora da copa 2018 não é lá tão grave assim.


DEZEMBRO DE 2017








































O que podemos ver no ano que ainda não terminou é apenas um reflexo da nossa própria ignorância , da nossa própria arrogância de querer sempre mais e mais e nunca está satisfeito com nada , são guerras em troca de poder, inocentes morrendo em todo mundo , poderosos se enchendo de orgulho e no meio de tudo isso pessoas de bom coração fazendo boas ações para não dar tudo como perdido.